terça-feira, 12 de outubro de 2010

Um salve ao Coronel Nascimento


O filme Tropa de Elite 2 estreiou no último final de semana e, no primeiro dia 1,25 milhão de brasileiros lotaram as salas de cinema do Brasil inteiro para prestigiar o lindíssimo e cada vez mais irresistível tenente-coronel Roberto Nascimento.

video

Isso mesmo, ele não é mais capitão e no filme tbm não é chamado de tenente-coronel e sim de coronel. Mas o que importa mesmo é que o Wagner Moura está incrível no filme.

Eu fui ao cinema ver o Coronel Nascimento na sexta (estréia) e no domingo com a Cintya, que veio de São Paulo para Sorocaba  (uma hora de viagem) para assistir o filme comigo e tomar sorvete.

Não preciso nem dizer que amei Tropa de Elite 2. Já ouvi algumas críticas por não mostrar tanto a atuação do Bope como no primeiro filme. A questão é que o Nascimento não está treinando policiais de elite neste filme e atua com a tropa só no início do filme, no comando da operação em Bangu.

Quem esperava ver o Nascimento gritando "Pede pra sair" e esculachando os bandidos com certeza se decepcionou, afinal, agora ele comanda o setor de inteligência da Secretaria de Segurança Pública do RJ e descobre quem são realmente seus inimigos.

O filme tem umas tiradas incríveis como o programa Mira Geral que mais parece o Balança Geral com um jornalista - detesto dizer - mas totalmente cretino e corrupto safado. Mas tbm tem a Clara, jornalista q investiga a corrupção no Governo, mas que também faz burrada.

Vale a pena ver o filme pela história que, apesar de ficção, conta exatamente a realidade brasileira que a imprensa em geral não tem coragem de contar ou não conta por ter rabo preso mesmo. Além disso, tem ele, o perfeito Wagner Moura. Se você ainda não viu, corre pro cinema que não vai se arrepender.

Nenhum comentário: